Loading...

Não temas a noite quando esta se torna sombria e escura.
Lembre-se que esta antecipa o sol.
Porque temer se existem trevas e estas denunciam a luz?
Não temas a tempestade que se divisa no horizonte.
Lembre-se que esta é passageira ainda que demore.
Porque temer se a tempestade é seguida de bonança?
Não temas a tormenta quando esta se avoluma.
Lembre-se que por maior que seja não alcança todos.
Porque temer se ela dura apenas uma fração do seu dia?
Não temas relâmpago a iluminar célere as trevas.
Lembre-se que a luz vence as trevas, sempre.
Porque temer se podem te ajudar a encontrar uma vela?
Não temas o trovão a ribombar pela amplidão celeste.
Lembre-se que é apenas som, conseqüência.
Porque temer se Deus se mostra poderoso?
Não temas o raio a riscar o ar e partir penhas e árvores.
Lembre-se que eles são necessários ao equilíbrio natural
Porque temer se você pode assistir a um espetáculo?
Não temas o vento a açoitar.
copas e telhados, janelas e portas.
Lembre-se que é ele mesmo quem dissipa a tempestade,
apesar de a ter feito.
Porque temer se no fundo ele é brisa?
Não temas as obras que Deus faz,
ainda que estas pareçam assustadoras.
Lembre-se que Ele tem propósito em toda a sua criação,
para Sua Glória.
Porque temer se tu és o auge da sua criação.
e por ti deu Seu Filho?

0 comentários: